• FIZ DA COSTA, NOVO BREEDER DE BIVALVES

    Fiz tem experiência em aquicultura de bivalves, nutrição e melhoramento seletivo (selective breeding).

    Fiz é doutorado em Biologia Marinha e Aquicultura pela Universidade de Santiago de Compostela (USC, Espanha), pós-graduação em Economia das Pescas (USC) e pós-graduação em Métodos Avançados para Estatística Aplicada (UNED, Espanha).

    Iniciou a sua carreira de investigador em 2002 com uma bolsa pre-doutoral para investigar a cultura de navalhas (razor clam) no Centro de Investigacións Mariñas em Ribadeo (CIMA, Espanha). Fiz estudou os aspetos microbiológicos da criação de larvas na amêijoa Ruditapes decussatus na Universidade de A Coruña (UdC, Espanha) e CIMA.

    Posteriormente prosseguiu a sua experiência de pós-doutorado (2012-2014) no Institut Français de Recherche pour l' Exploitation de la Mer (IFREMER, França), onde estudou o efeito de dietas vivas sobre o desenvolvimento larval de Crassostrea gigas com abordagem bioquímica.

    De Fevereiro de 2014 a Agosto de 2017, trabalhou como engenheiro de Investigação e Desenvolvimento (I&D) na maternidade comercial francesa Novostrea Bretagne. Fiz desenvolveu um programa de melhoramento selectivo (breeding) para mortalidade de Verão em C. gigas, diversificou a produção de espécies cultivadas nesta maternidade e otimizou a cultura em viveiro.

    Fiz juntou-se à equipa da Oceano Fresco em Setembro de 2017.

  • Artigo Item